Regiões vinícolas da França: Bourgogne de admin em Vivendo a Vida

Primeira fotogarfia publicada no artigo Regiões vinícolas da França: BourgogneRegiões vinícolas da França: Bourgogne
de admin publicado em Vivendo a Vida



A Bourgogne guarda de sua longa história o desejo por excelência. A grandeza dos Bourbons, que governavam até o Mar do Norte, moldou as cidades, mas também as paisagens vinícolas, com a ajuda particular dos monges de “Cisterciens” na Idade Média. Estas vastas áreas agrícolas muito diferentes, o “Morvan” é uma das mais chuvosas e frias na França e a “Côte Chalonnaise” ensolarada com verões quentes. Todas as regiões vinícolas de Borgonha se estalaram dessas encostas, bem exposta, para capturar o melhor do sol. Nesta vinha em clima continental, chegarmos a elaborar bons vinhos, e a sublimar o Pinot Noir e o Chardonnay.

CLIMA

A Borgonha é uma região fria e continental. Longe do Mediterrâneo e do Atlântico, é frio no inverno, por isso o homem sobe explorar os terroirs mais quentes, mesmo em Chablis, que esta mais ao norte. No sul da região, uma estreita faixa de 150 km de comprimento, ele escolheu as terras mais quente, melhor expostas no leste e sul para implantar desde a Idade Média as vinhas e cepas que se adequavam melhor. Apesar de seu clima septentrional, as encostas da Borgonha são protegidas do vento seco e frio do norte, e dar-se ao sol no verão e outono, para a felicidade do Pinot Noir e do Chardonnay. E com os resultados que sabemos …

TERROIR

Conforme a extensão dos vinhedos da Borgonha, não existe um “terroir” local, mas vários “terroirs” diversificados. Para entender com facilidade, três grandes conjuntos coerentes se apresentam: O primeiro, ao norte, é a do “Chablis”, em colinas principalmente de calcário com alguns fósseis, de origem sedimentar. É aqui na bacia de Paris. O segundo conjunto inclui a “Côte de Nuits” e a “Côte de Beaune”. Cerca de 50 km, é uma faixa estreita de terras inclinadas calcarias dominando o rio “Saône”, um afluente do rio “Rhone”. Estamos em um sistema hidrológico diferente, mais quente do que “Chablis”. O terceiro conjunto, é a “Côte Chalonnaise” e o “Maconnais”, constituído de solos argilo-calcários mais profundos e aberta a influências mediterrânicas.

Dos anos 500 a 1400, o vinho de Bourgogne adquire uma qualidade reconhecida por toda a cristandade. Nesses tempos guerreiros, as comunidades religiosas beneficiava duma certa proteção. Com base na experiência, o seus “savoir faire” se transmitem de geração em geração.

Datas da historia do vinhedo de Bourgogne

Século I

92: O imperador romano Domitien, expressa o protecionismo imperial. É proibida a plantação de nova vinha fora da Itália e fez arrancar parcialmente os vinhedos da costa do Mediterrâneo e da Borgonha para evitar a concorrência. O vinhedo resultante foi suficiente, no entanto, as necessidades locais.

Século III

312 : O discurso de Eumenes descrevendo os vinhedos da Borgonha (o mais antigo texto conhecido).

Idade Media

Do início do século VI, a implantação do cristianismo levou à extensão das vinhas através da criação de importantes Domaines relacionadas com as abadias. A abadia de Cluny (fundado em 909) para o Macon e o Chalon, em seguida, A Abadia de Cîteaux (fundada em 1098), com plantações em Côte-d’Or, para o Chalon e o Chablis. É o período do nascimento dos Clos.
640: Criação do Clos de Bèze que terá só dois proprietários ate 1790.
1115: Criação do Clos de Vougeot
1141: Criação do Clos de Tart

Ducs de Bourgogne

Foi sob o reinado dos quatro Duques de Borgonha (1342-1477) que foram promulgadas as regras destinadas a garantir um alto nível de qualidade.
1395: Philippe le Hardi decidiu melhorar a qualidade dos vinhos e proíbe o cultivo da “gamay ” em favor da Pinot Noir na sua terra. Um dos primeiros decretos alimentares no mundo.
1416: Charles VI fixa por decreto os limites da produção de vinho na Borgonha.
1422 : Conforme os arquivos, a colheita ocorreu em Côte de Nuits, em agosto. Mesmo que Philippe III de Borgonha (conhecido como ” Philippe, o Bom”) e Charles o temerário instalaram suas cortes em Anvers, Bruges, Bruxelas, Gand, Liège ou Malines, eles nunca negligenciaram suas vinhas de onde tiraram enorme lucro tanto econômica e político.
1443: Nicolas Rolin, chanceler de Philippe o Bom, e sua esposa Guigone de Salins decidiu criar um hospital para os pobres em Beaune. Assim nasceu o 4 de agosto no papel do Hotel Dieu ( Hospices de Beuane).

Período moderno

11 novembre 1719 : Nascimento da mais antiga sociedade fraterna conhecido como o “São Vicente” em Volnay.
1720 : Fundação a Beaune de Champy, a casa mais antiga de comércio-produtor da Borgonha, ainda em actividade.
1728 : Publicado em Londres do primeiro livro dedicado aos vinhos da Borgonha, pelo Padre Claude Arnoux.
18 juillet 1760 : Louis François de Bourbon, o principo de Conti le prince de Conti adquiriu um pequeno clos da abadia de Saint-Vivant em Vosne-Romanée. Era chamado de “La Romanée”.

1789 : Revolução Francesa. Confiscação das vinhas de propriedade e leiloadas como bem nacional. O La romanée é também confiscada e vendido para bourgeois bourguignons que o renome “Romanée-Conti”.

 Período contemporâneo

17 de outubro de 1847: Louis-Philippe concede a Gevrey o direito de ostentar o nome de seu “cru” mais famoso: Chambertin. O exemplo em breve será seguido por outros municípios.
1851 : O primeiro leilão de vinhos dos Hospices de Beaune
1861 : Primeira classificação dos vinhos de (Côte-d’Or) pelo Comitê Agrícola de Beaune.
15 junho de 1875: Primeira observação da filoxera na Borgonha (a Mancey em Saône-et-Loire).
1900 : Criação da Estação de enólogia em Beaune.
30 de abril de 1923: A fundação da cooperativa “La Chablisienne” (primeira adega cooperativa na Borgonha)
29 de abril 1930 : Jugamento do Tribunal Civil em Dijon definindo a bourgogne viticola (Yonne, Côte-d’Or, Saône-et-Loire e distrito de Villefranche-sur-Saône no Rhône).
8 de dezembro de 1936 : 1ère AOC Bourgogne, a denominação Morey-Saint-Denis.

14 de outubro de 1943 : Instituição dos 1er crus.

17 de outubro de 1975 : Reconhecimento da AOC Crémant de Bourgogne.

Seculo XXI

17 de julio de 2006 : Criação da 100° denominação do vinhedo de Bourgogne, denominação “Bourgogne Tonnerre”.
2012: Candidatura ao patrimônio mundial da UNESCO é depositada para classificar os climas do vinhedo da Bourgogne. O processo foi iniciado em 2009 e deve finalizar em 2013.

AS 4 CATEGORIAS DOS VINHOS DA BOURGOGNE

A bourgogne tem mais de 100 denominações, na verdade as denominações e classificações correspondem às parcelas. Um “bourgogne villages” , ou “bourgogne” denominação comunal , são vinhos classificados AOC (Appelation d’Origine Controlée), produzido em parte do vinhedo da Borgonha , que seja na baixa Borgonha, em Côte de Nuits , na Côte de Beaune , em Chalon ou Macon .

appellation communale (ou appellation village) :

As 41 denominações comunais ou villages de Bourgogne (Incluindo Beaujolais) corespondem a 34 % da produção.

Basse-Bourgogne              

  • Chablis
  • Petit-chablis
  • Irancy
  • Saint-bris

Côte de Nuits

  • Marsannay
  • Fixin
  • Gevrey-chambertin
  • Morey-saint-denis
  • Chambolle-musigny           
  • Vougeot
  • Vosne-romanée
  • Nuits-saint-georges

Côte de Beaune

  • Ladoix
  • Aloxe-corton
  • pernand-vergelesses
  • Chorey-lès-beaune
  • Savigny-lès-beaune
  • Beaune
  • Côte-de-beaune
  • Pommard
  • Volnay
  • Monthélie
  • Auxey-duresses
  • Saint-romain
  • Meursault
  • Puligny-montrachet
  • Blagny
  • Saint-aubin
  • Chassagne-montrachet            
  • Santenay
  • Maranges

Côte chalonnaise            

  • Bouzeron
  • Rully
  • Mercurey
  • Givry
  • Montagny 

Mâconnais

  • Saint-véran
  • Pouilly-fuissé
  • Viré-clessé
  • Pouilly-loché
  • Pouilly-vinzelles      

Appellation régionale 

As denominações regionais representam mais da metade da produção, pode ter procedencia de qualquer parte do vinhedo da Borgonha ou de uma das suas sub-regiões.

Bourgogne Regional

  • bourgogne
  • Bourgogne aligoté
  • Bourgogne mousseux
  • bourgogne ordinaire et grand ordinaire         
  • Bourgogne passe-tout-grains
  • Crémant de Bourgogne

Appellations sous-régionales  

  • Côte-de-nuits villages
  • Côte-de-beaune-villages                     
  • Mâcon

Dénominations (nomes) de l’AOC Bourgogne

  • bourgogne-chitry
  • bourgogne-côte-chalonnaise
  • bourgogne-côte-d’auxerre
  • bourgogne-côtes-du-couchois
  • bourgogne-côte-saint-jacques
  • bourgogne-coulanges-la-vineuse
  • bourgogne-épigneul
  • bourgogne-hautes-côtes-de-beaune                     
  • bourgogne-hautes-côtes-de-nuits
  • bourgogne-le-chapitre
  • bourgogne-la-chapelle-notre-dame
  • bourgogne-montrecul
  • bourgogne-tonnerre
  • bourgogne-vézelay

Appellation grand cru

Os 34 vinhedos a se beneficiar da prestigiosa denominação “grand cru” são distribuídos nas seguintes comunas.

Vinhedo de Chablis

Chablis Grand Cru

  • Blanchot
  • Bougros,
  • Les Clos,
  • Grenouilles,
  • Preuses,
  • Valmur OU Vaudésir      

Vinhedo da côte de Nuits

Gevrey-Chambertin

  • ruchottes-chambertin
  • mazis-chambertin
  • chambertin-clos-de-bèze                                      
  • chapelle-chambertin
  • chambertin
  • charmes-chambertin
  • griotte-chambertin
  • latricières-chambertin
  • mazoyères-chambertin

Morey-Saint-Denis

  • clos-de-la-roche
  • clos-saint-denis

clos-des-lambrays

  • clos-de-tart
  • bonnes-mares

Chambolle-Musigny

  • bonnes-mares
  • musigny

Vougeot

  • clos-vougeot

Flagey-Echezeaux

  • échezeaux
  • grand-échezeaux

Vosne-Romanée

  • Richebourg
  • la-romanée
  • romanée-conti
  • romanée-saint-vivant
  • la-grande-rue
  • la-tâche                     

 Vinhedo da côte de Beaune

  • Aloxe-Corton
  • Ladoix-Serrigny

Pernand-Vergelesses

  • Charlemagne
  • Corton
  • corton-charlemagne

Puligny-Montrachet

  • bâtard-montrachet
  • bienvenues-bâtard-montrachet                 
  • montrachet
  • chevalier-montrachet

Chassagne-Montrachet

  • bâtard-montrachet
  • criots-bâtard-montrachet
  • montrachet

Siga o Blog Vivendo a Vida no Twitter

Share/Bookmark

Artigo original: Regiões vinícolas da França: Bourgogne de admin publicado [dia November 17, 2011 at 04:50PM] em .

Republicado por Eno Gastronomo

Anúncios