MAPA DO VINHO – PARTE XXXVI – FRANÇA BORGONHA CHABLIS de alemdovinho em Além do Vinho

Primeira fotogarfia publicada no artigo MAPA DO VINHO – PARTE XXXVI – FRANÇA BORGONHA CHABLISMAPA DO VINHO – PARTE XXXVI – FRANÇA BORGONHA CHABLIS
de alemdovinho publicado em Além do Vinho

Chablis fica a 100 Km a noroeste de Dijon na final da Borgonha. Climas mais frios, invernos rigorosos e verões curtos e secos. Este clima além de dar muito trabalho aos produtores com geadas fora de hora e chuvas de granizo nos trás safras bem diferentes umas das outras, portanto fique de olho no produtor e no importador, vejam no mapa.

 A vila de Chablis, foto abaixo

A chardonnay é seguramente a casta branca mais apreciada e plantada no mundo todo. Para muitos a única uva branca que conhecem e gostam. Normal, se pensarmos que a cada 10 vinhos brancos consumido no mundo agora 9 sejam feitos desta casta.

Há os mais variados estilos de Chardonnay na medida em que a casta é extremamente versátil aos terrenos em que plantada bem como o clima da região. Além do que aceita e bem o estágio em madeira.

A Chardonnay de climas mais quentes apresenta-se com mais doçura do fruto, mais frutada e um tanto puxada para o mel e frutas secas.

Em climas mais frios apresenta-se mais ácida, seca e com aromas cítricos.

Quando passada por carvalho apresenta-se mais amanteigada com aromas de baunilha.

MAS NUNCA SERÁ PERTO DO QUE SE APRESENTA EM CHABLIS.

Mas sem dúvida alguma a região nos traz um Chardonnay completamente diferente dos que aí se vê. Quem não sabe tem dificuldade de aceitar que aquele vinho seco, ácido, aromático, lembrando grama molhada, cítricos, lima-limão e extremamente mineral seja feito da Chardonnay.

A classificação do Chablis varia do básico Petit Chablis, passando pelo Chablis, depois premiere Chablis e chegando ao topo os Grand Cru. Variações de solo, localização do vinhedo e insolação ao final do período de maturação determinam a qualidade final do produto. De novo o terroir da Borgonha influenciando diretamente  o produto final.

Um grande rival de Chablis fica na própria Borgonha, mais precisamente na Côte de Beaune, como vimos em post anteriores, Chassagne-Montrachet, Puligny-Montrachet e  Mersault que produzem um Chardonnay mais caloroso, amendoado e lembrando frutas secas, como damasco e tâmaras.

Mas seguramente um Chablis está no grupo de elite dos vinhos brancos junto com os Riesling, Semillon, Gewürtztraminer, Pinot Griss e Grünner Veltiner.

Pausa para o almoço em Chablis. Aqui vamos conversar sobre a internacional Chardonnay antes de irmos para Jura e Alsácia.

No vídeos, passos para apreciar um Chablis.

 

Gostar disto:

One blogger likes this .

  • eduardosaura

Artigo original: MAPA DO VINHO – PARTE XXXVI – FRANÇA BORGONHA CHABLIS de alemdovinho publicado [dia February 23, 2012 at 12:07PM] em .

Republicado por Eno Gastronomo

Anúncios