MAPA DO VINHO PARTE 60 FRANÇA BORDEAUX – MÉDOC de alemdovinho em Além do Vinho

Primeira fotogarfia publicada no artigo MAPA DO VINHO PARTE 60 FRANÇA BORDEAUX – MÉDOCMAPA DO VINHO PARTE 60 FRANÇA BORDEAUX – MÉDOC
de alemdovinho publicado em Além do Vinho

Sei que recentemente postei sobre Bordeaux, agora repito o post, mas é para deixar a série mapa do vinho completa.

Médoc existe graças trabalho de engenheiros holandeses que no século XVIII drenaram a pântano surgindo  o solo abençoado de Médoc para a produção de grandes vinhos, após a 1750.

Nunca esquecendo que o comércio de vinhos entre Inglaterra e França foi o expoente máximo para a produção de vinhos nesta região. Produção esta a cargo de comerciantes que investiam todo o eu potencial econômico na constante melhoria de solo e uvas.

Ao contrário da Borgonha, ali o trabalho de desenvolvimento de solo e qualidade do vinho ficou a cargo dos Monges Cistercienses.

Médoc fica no banco ao lado esquerdo do rio Gironde e lado Garone. Ao sul a cidade de Bordeaux, a oeste o Oceano Atlântico, a leste os rios Gironde e Garone, ao norte o encontro do Atlântico com o rio Gironde.

Médoc tem no seu rico solo um dos seus segredo. Como disse acima a drenagem do mar nestas charnecas fizeram com que aparecesse o solo cascalho e pedras ricas em sedimentos. Depois o clima constante, mesmo estando perto do Atlântico, portanto poderia estar sujeito aos humores do tempo, por ser um clima marítimo, Médoc fica entre duas massas de água, O mar e o estuário do Gironde. Os ventos do fortes vindos do mar são freados pela floresta que serve de anteparo e proteção dos vinhedos. As duas massas de água (mar e rio) criam condições ideais para a circulação do ar afastando os fungos e doenças que poderiam vir nos verões quentes e úmidos.

As uvas plantadas com sucesso no Médoc são: A Cabernet Sauvignon é a principal uva do Médoc. O solo pedregoso e úmido traz as condições ideais para o desenvolvimento desta casta. Experimentar um bom exemplar de Médoc com a Cabernet Sauvignon é ver até onde chega esta casta.

A Merlot é parceria ideal para a Cabernet Sauvignon nos vinhos do Médoc. Confere a eles elegância e aormas, suavizando e conferindo sedosidade aos taninos da Cabernet Sauvignon.

Em menor quantidade a Cabernet Franc e a Petit Verdot.

Grandes regiões demarcadas e produtores estão lá, vejam:

 MARGAUX: Chateau Margaux, Chateau Palmer, Chateau Lascombes, Chateau D’Issan, Chateau Kirwan e  Chateau Brane-Cantenac.

PAUILLAC: Chateau Lafite-Rothschild, Chateau Latour, Chateau Mouton-Rothschild e Chateau Lynch-Bages.

SAINT-JULIEN: Chateau Léoville-Las Cases, Chateau Léoville-Barton, Chateau Ducru-Beaucaillou, Chateau Lagrange e Chateau Talbot.

4) SAINT-ESTÈPHE: Ch. Cos D’Estournel, Ch. Montrose, Ch. Haut-Marbuzet, Ch. Phélan-Ségur, Ch. Calon-Ségur e Chateau Les Ormes de Pez.

O vídeo é esclarecedor

Gostar disto:

One blogger likes this .

  • eduardosaura

Artigo original: MAPA DO VINHO PARTE 60 FRANÇA BORDEAUX – MÉDOC de alemdovinho publicado [dia March 01, 2012 at 12:14PM] em .

Republicado por Eno Gastronomo

Anúncios