Wine Tour Bourgogne 2012. Um bom começo no Brasil! de Marcelo Andrade em Vinho por Marcelo Andrade

Primeira fotogarfia publicada no artigo Wine Tour Bourgogne 2012. Um bom começo no Brasil!Wine Tour Bourgogne 2012. Um bom começo no Brasil!
de Marcelo Andrade publicado em Vinho por Marcelo Andrade

O Wine Tour Bourgogne 2012, realizado na última quinta-feira (19/04), começou muito bem!

O nosso país está sendo visto com bons olhos não somente pelos vinhos de Bordeaux, mas por todas as regiões produtoras do mundo!

O evento começou com o Master Class “Descobrindo os Vinhos da Borgonha” às 14h00.(exclusivo para profissionais do vinho e imprensa). E logo depois, veio a degustação promovida pela Câmara de Comércio da Borgonha, das 15h30 às 19h00.

No geral, o Bourgogne Wine Tour foi bem organizado e contando com vários produtores de todas as sub-regiões da Bourgonha. Em sua grande maioria, pequenos produtores desembarcaram no Rio para mostrar suas pequenas jóias aos jornalistas e profissionais do vinho. Ao todo, o Wine Tour – edição Brasileira – trouxe mais de 30 produtores da região com cerca de 200 rótulos no total. Vinhos de todas as apelações – Gevrey-Chambertin, Chablis, Puligny-Montrachet, Corton, Montrachet, Clos Vougeot, entre outras.

Com diversidade nas cores, a Borgonha produz vinhos brancos, tintos, rosés e espumantes (Crémant de Bourgogne). Uma gama aromática enorme!

Com diferentes micro-climas, a Borgonha exprime seu potencial organoléptico nas mais diversificadas apelações, sempre com a mesma uva, a Pinot Noir. Como exemplo, um vinho de Nuits Saint Georges nunca será semelhante há um Mercurey, mesmo que os dois se situem geograficamente a poucos quilômetros um do outro. Sendo a mesma diferença entre um Chablis, vivo e mineral, e um Pouilly Fuissé, redondo e bem mais frutado, embora, ambos produzidos a partir da uva Chardonnay.

E OS VINHOS?

Bem, como desta vez eu estava trabalhando – do outro lado da mesa expondo os vinhos do Châteaux Villars Fontaine – Domaine de Montmain, não tive muito tempo para “rodar” pelo salão, mas sempre damos um “jeitinho”, principalmente quando levamos um bom assistente (meu amigo Jandir Passos)…rsrs. Foi uma honra expor os vinhos de longa guarda do Sr. Bernard Hudelot. Com a falta de tempo extra, fui direto nos vinhos que me interessavam, sem perder muito tempo é claro!

Os melhores vinhos na minha opinião:

BRANCOS
Haut Côtes de Nuits Les Clos du Château 2002 (Villars Fontaine) YYYY
Corton Grand Cru 2009 (Domaine Comte Senard) YYY
Mercurey 1er Cru en Sazenay 2010 (Domaine Tupinier Bautista) YYY
Chassagne Montrachet 2009 (Oliver Laflaive) YYYY
Meursault 2008 (Tramier & Fils) YYY
Puligny Montrachet 1er Cru 2010 (Tramier & Fils) YYYYY

TINTOS
Gevrey Chambertin 1er Cru Combes aux Moines – Philippe Leclerc 2009 (Collecion Alain Corcia) YYYY
Haut Côtes de Nuits Les Genévrières Grand Tradition 2002 (Villars Fontaine) YYYY
Chambolle Musigny – Af Gros 2009 (Domaine Af Gros) YYY
Corton Clos Du Roi Grand Cru 2009 (Domaine Comte Senard) YYYYY
Nuits-St-Georges 1er Cru Porêts St. Georges 2009 (Domaine R.Dubois & Fils) YYY
Fixin 1er Cru Clos de la Perriere (Domaine Et Saveurs Collection) YYYY
Nuits Saint Georges Les Lièvres (Louis Max) YYYY
Gevrey Chambertin Les Azerottes (Louis Max) YYY
Clos Vougeot 2010 (Tramier & Fils) YYYYY

Para quem gosta de vinhos de Pinot Noir e Chardonnay, não pôde se queixar dos vinhos expostos, pois estavam uns melhores do que os outros! Devo confessar que faltou alguns pontos para que o evento fosse concluído com chave de ouro! Mas, infelizmente, imprevistos acontecem! Por outro lado, era possível circular pelo ambiente com muita facilidade e conversar tranquilamente com os expositores/produtores.

Resumindo, o evento foi excelente! Espero que o nosso país tenha entrado de vez para a rota dos grandes eventos vínicos do mundo.

Agradeço a organização (em especial a Caroline Putnoki – Correspondente da SOPEXA no Brasil) pelo convite.

Abaixo, algumas imagens do evento e da Borgonha.

Fotos: Divulgação

Saúde!
Marcelo Andrade

tramier e fils
tramier e fils
villars fontaine brancos
villars fontaine brancos
ladoix
ladoix


salao
salao
maison ambroise
maison ambroise
joliet e gerard
joliet e gerard


pernand vergelesses
pernand vergelesses
yves e joliet e fils
yves e joliet e fils
comte senerd corton old
comte senerd corton old


aloxe corton
aloxe corton
villars fontaine brancos tintos
villars fontaine brancos tintos
gevrey chambertin
gevrey chambertin


tramier e fils old
tramier e fils old
af gros
af gros
mercurey tupinier 1er cru
mercurey tupinier 1er cru


stand
stand
louis max
louis max
franc3a7ois parent
franc3a7ois parent


marcelo andrade
marcelo andrade


Like this:

Be the first to like this post.

Artigo original: Wine Tour Bourgogne 2012. Um bom começo no Brasil! de Marcelo Andrade publicado [dia April 22, 2012 at 06:42PM] em .

Republicado por Eno Gastronomo

Anúncios