Bourgogne, terra de mitos de Maria Amelia Duarte Flores em Vinho & Arte

Primeira fotogarfia publicada no artigo Bourgogne, terra de mitosBourgogne, terra de mitos
de Maria Amelia Duarte Flores publicado em Vinho & Arte

Amigos!!

A partir de amanhã começamos uma sequência dinâmica e cultural pelo Rio Grande do Sul: uma série de eventos alusivos a Bourgogne, França.

(Garrafas de velhas safras de Santenay)


São inúmeros motivos de ser chamada “mítica”. Paisagens incríveis, vilarejos medievais, um modo de vida ímpar, um solo com milhares de “manchas” (hoje chamados climats) desenharam um cenário para desenvolvimento de centenas de vinhos diferentes (mesmo sendo sempre elaborados com a mesma uva: a Pinot Noir). Vinhos que começam fechados, difíceis… revelam-se aos poucos, a cada taça, a cada minuto a mais em um decanter (ou até mesmo na adega… os melhores Bourgogne’s precisam de muito tempo de guarda para mostrar toda a sua riqueza).

Outra importante variedade lá cultivada é a Chardonnay, que dá brancos como Montrachet e Chablis, além dos vinhos das terras de Carlos Magno, “Charlemagne”.

As principais cidades da Bourgogne são Beaune e Dijon, próximas a Lyon.

É muita história, muito detalhe, milhares de pequenos produtores.

Para melhor compreender toda esta região, estamos trazendo a Porto Alegre o especialista franco-brasileiro Jean Claude Cara, para uma série de palestras, cursos e degustações!

Confira neste link toda a programação e venha aprender um pouco mais sobre a mítica Bourgogne!

http://vinhoearte.blogspot.com.br/2012/11/agenda-curso-de-vinhos-da-bourgogne-na.html

Artigo original: Bourgogne, terra de mitos de Maria Amelia Duarte Flores publicado [dia December 03, 2012 at 06:40PM] em .

Republicado por Eno Gastronomo

Anúncios