Maxime Blin fala de seus Champagnes na Vinea de didu em Didú Russo » Blog do Didú

Primeira fotogarfia publicada no artigo Maxime Blin fala de seus Champagnes na VineaMaxime Blin fala de seus Champagnes na Vinea
de didu publicado em Didú Russo » Blog do Didú

O jovem e simpático Maxime Blin esteve no Brasil e a Vinea promoveu um encontro para alguns privilegiados que provaram os delicosos Champagnes de Maxime.

O dia não poderia estar mais adequado, ensolarado iluminando os jardins da Vinea e dando ainda mais luminosidade na harmonização impecável dos pratos de Eudes Assis, um craque das panelas com uma história linda, que já entrevistei no CELEBRE! e que contou que provou os Champagnes que seriam servidos para definir o carápio, coisa raríssima hoje em dia.

Foram servidos e apresentados os seguintes Champagnes de Maxime:

Brut Carte Blanche (R$ 158,00 a garrafa de 750 ml e R$ 90,00 a de 350 ml) que recomendo àqueles que como eu e o Pagliari, gostam de vinhos evoluídos, neste caso melhor ainda a meia garrafa. Estava espetacular e foi minha preferência.

O Brut Grande Tradition a R$  235,00 espetacular, o sensual Brut Rosé (preferido da minha mulher) a R$ 235,00 que sempre agrada, o Millésime 2002 a R$ 339,00 espetacular e o delicioso Cuvée Maxime a R$ 508,00.

Já comentei aqui neste espaço o sucesso que os Champagnes têm feito no Brasil e o crescimento de ofertas, que motivou inclusive a instalação de um Bureau promocional da região de Chamapgne em São Paulo.

O Brasil já consome 1,1 milhão de garrafas de Champagne por ano! Várias novas Maison estão chegando ao Brasil e precisam se promover, afinal 85% das garrafas citadas acima pertencem a Veuve Cicquot ou Moët & Chandon no Brasil.

Na ocasião gravei algumas imagens do Maxime explicando seus deliciosos Champagnes, veja:

Artigo original: Maxime Blin fala de seus Champagnes na Vinea de didu publicado [dia November 26, 2012 at 10:22AM] em .

Republicado por Eno Gastronomo

Anúncios